Como o sobrepeso pode afetar relacionamentos

Como o sobrepeso pode afetar relacionamentos

alimentos afrodisiacos

Para quem procura melhorar seu relacionamento deve ficar atento a pequenos detalhes no amor que pode fazer a diferença, como por exemplo o emagrecimento do parceiro.

Hoje vamos citar um detalhe que pode ser um lado tanto quanto positivo para algumas pessoas, porem para alguns casais pode ser um lado negativo com o passar do tempo, o sobrepeso.

Primeiramente vale olhar pelo lado da saúde, o sobrepeso afeta muito a saúde não somente sexual porem também a autoestima do casal, claro isso quando o parceiro não prefere um parceiro mais gordinho.

Como o sobrepeso pode dificultar

Primeiro ponto, devemos analisar que uma grande queixa de um dos parceiros é que, no começo do namoro o seu parceiro era mais “leve”.

Com o passar dos tempos e com a rotina do casal, a alimentação pode ir piorando, a rotina também, o estresse, etc pode acarretar em um ganho de peso. Uma pessoa com sobrepeso, pode ter uma saúde alterada também, como por exemplo baixa libido, baixo rendimento, baixo autoestima e menos disposição para o sexo.

Quando se trata da estética, os homens tendem a reclamar mais, pois o homem é mais visual do que a mulher. A mulher para ficar mais excitada, um tratamento com carinho, o dia a dia com o relacionamento amoroso a maioria das vezes já é o suficiente.

Como melhorar a saúde sexual

Se o casal sofre com alguns descontentamento, sejo pelo visual do parceiro ou até pela saúde sexual do mesmo, algumas rotinas simples pode alterar isso de forma rápida.

Praticar exercícios

emagrecer para saude sexual

A prática de exercícios, além de melhorar a saúde cardiovascular, pode melhorar a libido também. Isso porque estimula hormônios para a produção de bem estar.

Os exercícios também ajuda a queimar a gordura, melhorar os canais e a vascularização, evitando assim a disfunção erétil que pode ser causada pelo acumulo de gordura no homem.

Alimentação saudável

alimentos afrodisiacos

A alimentação saudável é uma das principais causas de melhora no relacionamento. Quem come muito açúcar e carboidratos, além de ter um ganho de peso expressivo, pode piorar os hormônios que fazem com que a libido aumente.

Altos índices de insulina no corpo pode inibir a vontade de fazer sexo, tanto quanto no homem como na mulher. A alimentação saudável também vai ajudar o casal a se manter em forma. Pequenas trocas na alimentação já pode ser benéfico para a saúde sexual de ambos. Aproveite para usar alimentos afrodisíacos para aumentar ainda mais a libido.

Gel Para Aumentar Pênis – É Possível Obter Resultados Permanentes?

Nos últimos anos aqui no Brasil, houve um grande aumento na procurar pelo gel para aumentar pênis!

Isso porque vivemos em uma era onde a informação é abundante e facilitada. Desse modo, a indústria farmacêutica não consegue mais esconder o poder desses medicamentos naturais.

Através deles, diversos homens vêm mudando de vida e recuperando sua autoestima.

Você também quer ter uma maior qualidade na sua vida sexual? Então, continue lendo este artigo para saber mais do assunto.

O Gel Para Aumentar Pênis Funciona?

Talvez você esteja aqui com certa descrença de que o gel para aumentar o penis esse órgão masculino possa realmente surtir efeito, certo?

Só que eles não apenas funcionam, como também, oferecem resultados permanentes. Ou seja, é possível parar de usá-los sem ter um retrocesso.

No entanto, seu uso deve ser feito por um determinado tempo de acordo com as recomendações de cada fabricante.

Vale ressaltar que esse não é um método milagroso. Mas sim, medicamentos 100% naturais de origem vegetal e com aprovação da Anvisa.

Sua eficácia se dá pela ação vasodilatadora que atua sobre os corpos cavernosos melhorando o fluxo de sangue na região.

O que permite alcançar maior rigidez e elasticidade. Ao mesmo tempo que estimula o crescimento natural em tamanho e grossura.

Entretanto, os resultados obtidos são entorno de 3 a 5 cm, com alguns casos em que é possível alcançar mais!

Vale ressaltar ainda, que esse tipo de gel de massagem estimulante oferece outros benefícios. Então, vamos conhecê-los?

  • Maior sensibilidade sexual e libido;
  • Prazer elevado com orgasmos intensos;
  • Ereções duradouras e mais firmes;
  • Aumento gradual na produção de testosterona;
  • Mais energia, disposição e vigor;
  • É capaz de combater a ejaculação precoce.
gel para engrossar

gel para engrossar

Qual Gel Para Aumentar A Região Devo Usar?

Atualmente, existem diversas opções de géis disponíveis para compra na internet, alguns deles são:

  • BlueMaxxxx Extra Large: composto por Marapuama, Ginkgo Biloba, Aloe Vera e Capsicum, esse produto 100% natural promete um aumento instantâneo da região com resultados permanentes;
  • Volumão: considerado um dos melhores produtos existentes no mercado, além de aumentar o pênis ele promete aumento do prazer, do tesão e da disposição sexual;
  • Xtragel: bastante famoso, esse gel aumenta o pênis, sua sensibilidade e desejo sexuais;
  • LibidGel: tendo como garoto propagando o Kid Bengala, esse produto é um dos mais procurados e mostra uma eficácia de mais de 95%. 

Gel Para Aumentar O Pau É Seguro?

Todo tipo de gel para aumentar o pênis, independentemente da marca, é um produto feito de forma natural.

Por isso, eles não possuem efeitos colaterais como vemos em outros procedimentos e medicamentos para esse objetivo.

Além de não terem contraindicações! Uma vez que, eles utilizam apenas compostos naturais com ações:

  • Vasodilatadoras;
  • Cicatrizantes;
  • Estimulantes;
  • Afrodisíacas;
  • Etc.

Conclusão

Portanto, se você tiver dúvidas para escolher o melhor gel para aumentar pênis basta realizar algumas pesquisas e comparar os benefícios.

Em geral, todos possuem garantias de 30 dias para satisfação ou devolução do dinheiro. Mas, realize sempre a compra através dos sites oficiais!

Isso porque existem diversas falsificações prejudiciais e falsos vendedores realizando fraudes.

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o com seus amigos para que eles também possam se beneficiar.

 

Novo estimulante sexual em gotas para disfunção erétil

Bluemax

Não é de hoje que a ciência vem tentando tratar problemas de disfunção erétil, ou impotência sexual, com comprimidos, cápsulas e pílulas, e em muitos casos, realmente, o resultado é muito positivo, mas, mesmo assim, cientistas estão sempre em busca de soluções mais simples e eficazes e, assim, acabaram chegando ao mais novo estimulante sexual, só que, agora, em gotas.

Traumas, estresse, depressão, ou mesmo, falta de libido, muitas podem ser as causas desse problema que afeta muitos homens, independente da idade.

Na verdade, a disfunção erétil afeta cerca de 52 por cento dos homens após os 40 anos, e se estima que apenas 9% procuram ajuda profissional para tratar o problema.

Por estar associada à virilidade, a disfunção erétil ainda é um tabu entre os homens, o que dificulta o tratamento do problema, fazendo com que, muitas vezes, os homens procurem alternativas caseiras, ineficazes, ou mesmo, abram mão de sua vida sexual, levando à falta de autoestima e à depressão.

Bluemax

Bluemax

Tratamentos para a disfunção erétil

Porém, existe uma infinidade de tratamentos hoje em dia, para todos os tipos de problemas associados à saúde sexual.

É inegável, no entanto, que a chegada do famoso “azulzinho“, como o Viagra é chamado, pareceu dar uma solução para grande parte dos problemas de disfunção erétil, possibilitando que muitos homens e, claro, suas parceiras, pudessem ter uma vida sexual plena. Mas, o que acontece é que esse medicamento tem curta duração e perigosos efeitos colaterais.

Ok, até existem outros medicamentos, o Cialis, por exemplo, que na verdade nada mais é que um  antidepressivo, que descobriu-se  ter como um dos efeitos, o combate a ejaculação precoce.

Agora, finalmente, após muitas pesquisas, cientistas descobriram uma poderosa e eficaz fórmula, completamente natural e em gotas, destinada apenas a tratar problemas de disfunção erétil.

Bluemax para disfunção erétil

Então, esse remédio natural, que se apresenta como uma alternativa aos remédios vendidos em farmácias, e seus efeitos colaterais, recebeu o sugestivo nome comercial de Tesão de Vaca, estimulante sexual em gotas.

E ao contrário da maioria dos remédios para disfunção erétil, esse fitoterápico, também, estimula as mulheres com problemas  falta de libido.

Afinal, Bluemax funciona?

A resposta é SIM! E isso se explica devido à sua poderosa fórmula, composta por

afrodisíacos naturais, com substâncias que dilatam os vasos sanguíneos do pênis, aumentando a libido e permitindo manter a ereção.

De acordo com a indicação médica, o Tesão de Vaca penetra no tecido erétil do pênis e faz com que ele se encha de sangue, endureça e assim, facilitando a atividade sexual.

Como usar Bluemax

Então, para começar um tratamento com bluemax é preciso colocar algumas gotas desse estimulante sexual em 300 ml de alguma bebida.

Embora possa variar de pessoa para pessoa, geralmente, o efeito surge entre cinco a 30 minutos após ingerido o estimulante, durando entre uma e duas horas.

Contra-indicações de Bluemax

Embora os resultados do estimulante sexual Bluemax em gotas para a disfunção erétil sejam satisfatórios, é preciso ter em mente que o estimulante não é indicado para casos em que o problema seja por motivos psicológicos, já que nesses casos, o estimulante natural não fará nenhum efeito.

É preciso ter em mente que, hoje em dia, 90% dos casos são causados por fatores orgânicos, em sua maioria, relacionados com a má circulação sanguínea chamada “insuficiência vascular”, porém, não se pode subestimar os fatores psicológicos.

Embora o estimulante sexual tenha eficácia comprovada, é preciso entender que nenhum estimulante irá conseguir agir se houver algum bloqueio psicológico. Nesse caso, o mais indicado é procurar um médico especialista para tratar a disfunção erétil.

 

Treinos e exercícios seguros para gestantes

exercícios para grávidas

Exercício pré-natal

O exercício regular durante a gravidez é importante par a sua saúde e bem-estar. Pode melhorar a postura, prevenir dores nas costas, diminuir a fadiga, aliviar o estresse e aumentar a resistência que você precisará para trabalho de parto e parto. Também pode ajudar a prevenir um tipo de diabetes que se desenvolve durante a gravidez (diabetes gestacional).

A maioria dos exercícios aeróbicos, de resistência e flexibilidade são seguros durante a gravidez, mas como cada mulher e cada gravidez é diferente, é importante consultar seu médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios durante a gravidez.

Exercício e ritmo cardíaco

O exercício regular durante a gravidez é importante para a sua saúde e bem-estar. Pode melhorar a postura, prevenir dores nas costas, diminuir a fadiga, aliviar o estresse e aumentar a resistência que você precisará para trabalho de parto e parto. Também pode ajudar a prevenir um tipo de diabetes que se desenvolve durante a gravidez (diabetes gestacional).

A maioria dos exercícios aeróbicos, de resistência e flexibilidade são seguros durante a gravidez, mas como cada mulher e cada gravidez é diferente, é importante consultar seu médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios durante a gravidez.

Exercício e ritmo cardíaco

Se você era ativo antes de sua gravidez ou não, você pode se exercitar durante a gravidez. O Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas afirma: “Se você está ativo, a gravidez não precisa fazer com que você altere sua rotina de exercícios físicos” e “Se você não está ativo, agora é um bom momento para começar”. Para a maioria das mulheres, o exercício durante a gravidez é seguro.

Anteriormente Sedentária

Se você era ativo antes de sua gravidez ou não, você pode se exercitar durante a gravidez. O Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas afirma: “Se você está ativo, a gravidez não precisa fazer com que você altere sua rotina de exercícios físicos” e “Se você não está ativo, agora é um bom momento para começar”. Para a maioria das mulheres, o exercício durante a gravidez é seguro.

Quem não deve exercitar durante a gravidez?

No entanto, algumas mulheres não devem se exercitar durante a gravidez. Se você tem uma condição médica, como asma, doença cardíaca ou diabetes, você deve consultar seu médico antes de se exercitar.

Além disso, você pode ser aconselhado a evitar exercícios se tiver certas condições relacionadas à gravidez, incluindo sangramento, placenta de baixa altitude, abortos recorrentes ou ameaçados, partos prematuros prévios ou história de parto prematuro. Converse com seu médico antes de iniciar o exercício para algumas orientações sobre o que você pode e não pode fazer.

Se hidrate

Certifique-se de beber muita água quando se exercitar durante a gravidez. Tente beber 6 copos de água 20-30 minutos antes de iniciar o exercício, e 5 copos a cada 20-30 minutos durante o treino. Lembre-se também de hidratar seguindo sua rotina. Se você estiver preocupado, precisará usar o banheiro com mais frequência porque está bebendo mais, malhar na academia, onde há um banheiro disponível, ou se você caminhar ou correr do lado de fora, ficar perto de casa, caso precise fazer uma parada.

O que deve conter em um programa de exercícios para grávidas?

Consulte o seu médico para um programa de exercícios individualizado que é certo para você. No entanto, se você é saudável e sua gravidez é sem complicações, existem algumas orientações gerais para o exercício que a maioria das mulheres pode seguir. Comece os treinos com um aquecimento de cinco minutos e cinco minutos. Tente obter cerca de 15 minutos de atividade cardiovascular e monitorar sua frequência cardíaca. Gradualmente diminua a velocidade e diminua a intensidade do seu cardio, e termine com alguns alongamentos suaves.

Quais exercícios são seguros durante a gravidez?

Quando você está grávida, você pode fazer a maioria dos tipos de exercício. Apenas não exagere. Atividades como natação, caminhada, ciclismo estacionário em ambientes fechados, máquinas elípticas ou de step, ou aulas de aeróbica de baixo impacto podem ser muito benéficas com um baixo risco de lesões para você ou seu bebê.

Alguns outros tipos de exercícios ainda podem ser continuados, mas você pode achar que precisa modificar seus movimentos. Por exemplo, alterações no equilíbrio podem afetar seu jogo de tênis, e suas corridas podem precisar ser reduzidas para acomodar sua gravidez. Conforme você progride na sua gravidez, você pode querer considerar exercícios que não requeiram equilíbrio ou coordenação.

Exercícios de alongamento

O alongamento é um exercício recomendado para manter os músculos flexíveis e para aquecer antes de outros exercícios mais intensos.

Exercícios de Yoga

Yoga tem muitos benefícios para a saúde, mas pode não ser o tipo certo de exercício enquanto você está grávida. Só tente uma aula de yoga pré-natal, onde as posições são especificamente voltadas para mulheres grávidas. Se você participar de uma aula regular de yoga, certifique-se de informar o instrutor de que está grávida e peça-lhes que modifiquem posições para você. Evite aulas de “ioga quente” enquanto estiver grávida.

Quais exercícios devem ser evitados durante a gravidez?

Embora você possa fazer muitos exercícios durante a gravidez, alguns exercícios e atividades devem ser evitados, incluindo:

  • Prendendo a respiração durante qualquer atividade.
  • Atividades onde a queda é provável como andar a cavalo).
  • Contato com esportes, incluindo futebol, futebol, basquete e vôlei.
  • Qualquer exercício que possa causar até mesmo trauma abdominal leve, como atividades que incluem movimentos bruscos ou mudanças rápidas de direção.
  • Atividades que exigem saltos ou corridas.
  • Flexões profundas no joelho, abdominais completos, elevações nas duas pernas e toques das pernas esticadas.
  • Saltando enquanto se alonga.
  • Movimentos de torção da cintura em pé.
  • Exercícios pesados ​​seguidos por longos períodos sem atividade.
  • Exercite-se em clima quente e úmido.

 

Chocolate que Délicia de Afrodisíaco

Como e bom ter a sensação de estar apaixonado. Perdemos o apetite, o sono e não conseguimos nos concentrar em mais nada.

Um conjunto de compostos químicos que afetam o nosso cérebro.

A norepinefrina, que nos excita e dá aquela acelerada nos batimentos cardíacos, a serotonina e a dopamina que entram com a sensação de bem-estar, aquela felicidade diante da alma gêmea.

E adivinha qual é outro gatilho para esse dos neurotransmissores? O simples ato de comer chocolate.

Muitas pessoas ouviram dizer que o chocolate é estimulante para os amantes.

Mas não é só porque as mulheres adoram chocolate e se empolgam em abrir uma caixa vermelha em forma de coração.

Há uma base biológica para os efeitos sensuais do chocolate.

O chocolate escuro possui substâncias que afetam nosso humor, energia e função sexual de maneiras verdadeiramente notáveis. Confira!

Aumenta o fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais.

Chocolate contém L-arginina, um aminoácido que pode ser um realçador de sexo natural eficaz tanto para mulheres quanto para homens.

Ele age aumentando o óxido nítrico e promovendo o fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais, o que aumenta a sensação, a satisfação e o desejo.

Estimula e eleva o humor.

O chocolate é conhecido como um alimento super libido em parte porque é uma rica fonte de PEA, o acrônimo de feniletilamina, às vezes referido como o “suplemento amor” ou o “químico romance”.

Como um estimulante e elevador de humor, PEA pode induzir sensações de euforia – e é naturalmente liberado pelo seu cérebro quando você está apaixonado!

Este produto químico promove a produção da neurotransmissora dopamina, que aumenta os sentimentos de bem-estar, alegria e prazer.

Atua como um impulsionador de energia.

O chocolate realmente embala um suco afrodisíaco porque também contém a teobromina composta, encontrada no chá e nozes de cola também.

Essa substância funciona no sistema nervoso central, fazendo com que a pessoa se sinta estimulada e excitada.

Comer chocolate pode ser uma experiência sensual, mas também é muito bom para a saúde.

O tipo certo de chocolate pode ser carregado com antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico, o que o torna muito benéfico para o coração físico, o órgão que associamos ao amor, ao cuidado, à união e à intimidade.

Se você vai se deliciar com chocolate regularmente, no entanto, o chocolate amargo é o melhor – puro e sem açúcar possível.

A gordura extra e as calorias de outros produtos de chocolate podem ter consequências ruins para a saúde e efeitos anti-afrodisíacos. 

 

Confira também, o que a falta de Vitamina D pode causar em seu organismo!

 

5 Dicas De Como Se Dar Bem Durante As Preliminares!

sair da rotina sexual

Você com certeza já ouviu falar das tão comentadas preliminares, certo?

E cara, não é por pouco

Elas realmente fazem toda a diferença na hora de como enlouquecer uma mulher na cama

Pensando nisso eu preparei 5 dicas incríveis para você usar antes e durante as preliminares

Sem mais delongas bora conferir as dicas

#1 – Faça uma boa massagem

Tá pra nascer uma mulher que não goste de uma boa massagem

Pensando nisso, porque não começar com ela?

Pode parecer simples mas pode ter certeza que vai fazer toda diferença.

Comece massageando-a as suas pernas, da parte superior das coxas até os tornozelos

Em seguida, concentre-se nos pés, amassando seus calcanhares e todos os outros pontos abaixo.

Em seguida, você pode ir nos dedos e estique-os individualmente

#2 – Esqueça a quantidade e foque na qualidade

Melhore a qualidade das preliminares e ela nunca mais vai incomodar você com a quantidade.

Se você agir como se estivesse apenas passando pelos movimentos para chegar no sexo logo

Cara ela vai notar, e levará mais tempo para ela ficar excitada

Jamais cometa esse erro

Em outras palavras, faça o que você quer fazer e aproveite enquanto estiver fazendo

“Quando um homem está ama o que está fazendo, a mulher automaticamente fica excitada

#3 – Explore todo o corpo dela

Não se concentre apenas no clítoris dela.

O corpo está cheio de zonas erógenas, como o pescoço,coxas e os seios

tente passar algum tempo concentrando-se no corpo inteiro da sua parceira

Em vez de ir direto ao ponto

Acaricie, lamba ou morda outras zonas erógenas, como:

  • Pescoço
  • Costas
  • Orelhas
  • Barriga
  • Pulsos

No final você verá como o tesão dela aumentou por você.

#4 – Não deixe de beijá-la

Não esqueça o que te trouxe aqui em primeiro lugar.

“As mulheres obtêm seu maior prazer erótico dos beijos frequentes e apaixonados”

Nunca se esqueça disso

Se você fica a sensação de que ela está começando a perder o interesse, beijar é sempre a melhor maneira de trazê-la de volta para ela.

#5 – Cuidado – Não fale muito

Como regra geral, mantenha a conversa simples e pessoal

Escolha uma parte do corpo e diga a ela o quanto você acha que é sexy

Ou descreva uma fantasia que você tenha

As mulheres também querem estímulo mental

Mas tome cuidado para não exagerar e fazer com que ela perca o tesão por você.

Concluindo

Saber o que fazer antes e durante uma boa preliminar é um dos fatores fundamentais para impressionar uma mulher na cama

Portanto nunca se esqueça de fazer

E lembre-se

Faça o que você quer fazer e aproveite enquanto estiver fazendo

Não seja como a maiorias dos caras com que ela já foi para cama

Seja único!

Como fazer sexo durar mais tempo

homem e mulher

Chegar ao clímax mais rápido do que o seu parceiro é comum, então não se preocupe. Felizmente, a maioria das pessoas que tem o clímax rapidamente pode aprender a durar mais tempo . Exercícios e mudanças de estilo de vida podem ajudar a melhorar o controle, e há muitas técnicas de retardamento do climax que você pode experimentar durante o sexo. Os produtos de controle do climax e os medicamentos também podem valer a pena. Se o seu parceiro terminar muito cedo, tente abordar o tópico como uma equipe. Evite colocar a culpa e deixe-os saber que você quer trabalhar em conjunto para construir intimidade física e emocional.

Fazendo Mudanças no Estilo de Vida

1.Relaxe e se encoraje. Ansiedade e insegurança são grandes causadores de humor, por isso tente ser otimista. Aproximando-se do sexo com confiança, respeito próprio e uma atitude positiva pode fazer toda a diferença para você e seu parceiro.

  • Em vez de se deter em pensamentos negativos sobre o seu desempenho, pense consigo mesmo: “Sam, terminar rápido é comum e você não deve se concentrar em si mesmo. Você pode lidar com isso!

2.Trabalhe em durar mais tempo durante a masturbação. Tentar atingir o clímax o mais rápido possível durante a masturbação pode treinar seu corpo para gozar rápido. Então o conselho é ler sites de conto erótico e se masturbar algumas vezes durante horas antes do sexo… isso pode ajudar a atrasar o clímax, especialmente se você praticar mais durando mais quando se masturbar.

3.Comece a fazer exercícios para o assoalho pélvico. Exercitar os músculos que controlam a ejaculação pode ajudá-lo a durar mais tempo. Para identificar esses músculos, pare de urinar no meio do caminho e aperte os músculos que impedem a passagem da urina. Para exercê-las, aperte-as por 3 segundos, relaxe por 3 segundos e repita 5 a 10 vezes.

  • Pode ser mais fácil, a princípio, se exercitar deitado ou sentado, mas tente fazê-lo de pé também. Ao fortalecer os músculos, aponte para 3 séries de 10 repetições por dia.
  • Tente apenas apertar os músculos que ajudam a controlar a micção e a passagem de urina. Não apenas flexione suas nádegas ou coxas.
  • Respire normalmente enquanto se exercita e evite prender a respiração.

4.Reduza o consumo de outras drogas. Álcool e outras substâncias podem causar ejaculação precoce, disfunção erétil e outros problemas de desempenho. Evite drogas e álcool antes do sexo e tente reduzir seu uso geral.

5.Encontre um parceiro sexual regular, se possível. Se você costuma namorar, considere se estabelecer com alguém. Ser íntimo com uma pessoa pode ajudá-lo a se sentir mais confortável e confiante durante o sexo. Quando você está confortável com alguém, é mais fácil ter uma conversa aberta sobre como melhorar sua vida sexual.

Gel pra desenvolvimento do tamanho do pênis

Como aumentar o tamanho do pênis? Milhares de pessoas fazem esta pergunta, e agora isso se tornou possível graças à ferramenta completamente única do gel volumão, que a Internet explodiu.

O que posso dizer? Este creme membro tornou-se irrealista popular devido ao desenvolvimento bem sucedido do instituto fechado “SeXiGamer” localizado na Alemanha, um país conhecido por suas tecnologias especiais no campo do desenvolvimento da cultura Adalt, e agora é incrivelmente popular entre a maioria dos homens que vivem em diferentes partes do nosso planeta.

Há muito tempo, o tamanho do órgão sexual masculino é uma das questões mais populares e discutidas entre as mulheres mais você sabe até que idade cresce o pênis?. Muitas vezes, a maioria das mulheres afirma que é o tamanho de um membro que afeta o poder de sua sensação de orgasmo.

No entanto, os resultados mais recentes de uma pesquisa anônima mostram que mais de 80% das mulheres que querem ter um pênis grande de seus homens.

aumento-de-penis

Lançamento do gel

O moderno mercado de serviços para adultos oferece muitos produtos íntimos que ajudam a alcançar um aumento significativo no órgão sexual masculino com o mínimo de esforço. Mas a maioria deles não é benéfica nem prejudicial ao corpo. Por exemplo, uma bomba de vácuo clássica geralmente leva a sintomas dolorosos após a aplicação. No momento atual, no mundo da medicina moderna, não há uma solução muito agradável para o problema – trata-se de um procedimento cirúrgico.

No entanto, o custo de tais operações é muito alto e o risco de lesões ou efeitos colaterais também é muito alto. É por isso que os cientistas russos, graças aos segredos dos povos da Sibéria, desenvolveram este produto, que ajudará a alcançar resultados positivos sem efeitos colaterais e sem dor.

Este produto foi nomeado volumão e patenteado na Suíça, também vendido com sucesso na Áustria, Luxemburgo e Liechtenstein.

O gel volumão tem muitas críticas positivas nos países da CEI, embora surja a pergunta: por que eles precisam dessa ferramenta para eles, e assim a natureza deu mais do que você precisa!

funcionamento

O complexo Gel Volumão para adicionar o tamanho e volume do órgão reprodutivo inclui os resultados conjuntos de desenvolvimentos inovadores de cientistas e sexólogos. Para aumentar o tamanho do pênis e seu comprimento, uma fórmula patenteada exclusiva foi desenvolvida, que foi inventada por cientistas alemães e recebeu o número máximo de comentários positivos de especialistas no campo da sexologia.

Os cientistas, com a ajuda das recomendações dos principais urologistas da Europa, desenvolveram um lubrificante único, capaz de aumentar o tamanho do pênis em apenas um mês e torná-lo mais volumoso. Ao mesmo tempo, a ferramenta não tem efeitos colaterais, não causa dependência e não tem efeito sobre o sistema urogenital e é absolutamente segura. Isto é confirmado por um certificado internacional de qualidade do produto.

Dor no sexo? 6 possíveis causas de sexo doloroso

Se está com dor no sexo, você não vai querer fazer isso. Para a maioria de nós, a dor deixa o desejo frio.

 

Alguns estudos estima-se que cerca de 30% das mulheres sofrem dor vaginal nas preliminares ou relações sexuais. A dor pode ser intermitente ou crônica e pode originar-se de uma ampla variedade de causas, como infecções, leveduras, DSTs, alergias, reações a drogas, danos nos nervos e distúrbios crônicos. Infelizmente, muitas mulheres que se queixam de dor durante o sexo são consideradas inibidas, com problemas psiquiátricos ou apenas exagerando o problema – quando, na verdade, seus sintomas estão relacionados a questões médicas legítimas.

Aqui estão apenas algumas causas comuns de dor no sexo:

1. Má excitação

Quando uma mulher fica excitada, os lábios, o clitóris e a vagina incham e a lubrificação natural é produzida dentro da vagina – fatores que ajudam a proteger a mulher da dor durante o ato sexual. Sem esses mecanismos protetores naturais, o tecido vaginal pode estar seco e frágil, causando fricção incômoda ou até mesmo ruptura. Infelizmente, as mulheres com problemas de dor existentes costumam cerrar os dentes e seguir em frente com a relação sexual, dizendo a seu parceiro para “acabar logo com isso” – isso apenas exacerba o ciclo da dor.

Se você sentir isso: Procure o conselho de um ginecologista para diagnosticar as causas da dor sexual. Use lubrificação durante as preliminares e relações sexuais para aumentar o prazer e o conforto. Passe pelo menos 30 minutos em preliminares antes de tentar a relação sexual.

2. Aperto vaginal

Se você está prestes a fazer algo que lhe causou dor repetidamente no passado, você vai recuar. Quando o sexo dói, as mulheres inconscientemente apertam seus músculos vaginais, contraindo o espaço disponível para o pênis entrar, fazendo com que o ato sexual doa mais.

Se você tiver isso: Uma especialidade chamada “fisioterapia da saúde da mulher” trata de problemas de dor sexual. Marcar um horário mais cedo ou mais tarde pode evitar que os problemas de dor sexual se tornem crônicos.

3. Ele tem um pênis grande .

Enquanto os homens podem se preocupar muito em ser pequenos demais, as mulheres se queixam de mim cerca de vinte vezes mais do que o fato dele ser muito grande. Pode causar dor no sexo se ele for bem dotado de comprimento ou perímetro.

Se você tiver isso: Procure ter ajuda de um terapeuta sexual ou um fisioterapeuta, será a melhor maneira de descubra como ajustar os seus desconfortos.

Veja aqui como melhorar e reacender o amor novamente em seu relacionamento

4. menopausa.

À medida que o hormônio estrogênio diminui, o tecido vulvar e vaginal de uma mulher se torna mais fino e menos lubrificado. E, para aumentar o problema, durante a meia-idade, os casais geralmente deixam de fazer sexo com tanta frequência devido ao seu desejo em declínio. Infelizmente, relações sexuais infrequentes podem causar atrofia vaginal.

5. Vestibulite

Em torno do crescente inferior da vagina. Com vestibulite , a vagina geralmente tem uma área vermelha ao redor da abertura vaginal, e dores ardentes na entrada. Sem essa demarcação vermelha, no entanto, o diagnóstico é por vezes perdido em um exame ginecológico regular.

Se você sentir isso: consulte seu ginecologista para diagnóstico. Se a condição persistir ,procure o conselho de um especialista em dor pélvica.

6. Vaginismo – uma incapacidade de ser penetrado.

A ansiedade está na origem da dor de uma mulher quando sua vagina se contrai e não permite qualquer forma de penetração.

 

O que é jejum intermitente? Emagrece mesmo ?

Se comer for vida, o jejum intermitente pode não ser para você. Em vez de acordar e comer o café da manhã, pegar o almoço por volta do meio-dia e depois jantar depois do trabalho, sua agenda é um pouco – OK, muito mais rigorosa e sua ingestão de calorias está ausente. Mas, para algumas pessoas, a programação estranha parece valer a pena.

De benefícios como perder peso a se sentir mais energizado, essa dieta definitivamente tem um grande fã-clube apoiado por resultados e apoiado pela ciência. Aqui está o que você deveria saber.

O que é jejum intermitente?

 

Quando você está em jejum intermitente, a sua dieta basicamente gira em torno de um ciclo de alimentação e jejum, diz a nutricionista Abby Langer , RD, de Toronto . Algumas pessoas fazem um jejum de um dia inteiro, outras escolhem jejum em dias alternados, e algumas simplesmente fazem uma refeição com restrição de horário.

Se você optar por fazer o jejum de um dia inteiro, você comerá menos de 500 calorias por dois dias consecutivos, depois, nos outros cinco dias, você come o que quiser em uma determinada semana. Jejum em dias alternados – ou 5: 2 – envolve comer 500 calorias no primeiro dia, o que você quiser no dia seguinte, 500 no outro e assim por diante. E para o último método, você faz um pouco de jejum todos os dias, comendo apenas entre um certo período de tempo – como 12h às 20h – sem restrições de calorias.

Quais são os benefícios?

 

Na maioria das vezes, o jejum intermitente tem um conceito bastante padronizado: comer menos. E evitar todas as calorias em excesso pode fazer o seu corpo bem em mais de uma maneira.

O benefício mais falado é a perda de peso , que simplesmente se resume à ciência: “Funciona porque a ingestão calórica líquida é menor do que a que uma pessoa comeria ao longo de sete dias normais de alimentação. Se você está cortando calorias , você provavelmente vai perder peso “, diz Langer. “Também pode ser uma maneira mais fácil de perder peso do que, digamos, uma dieta de baixa caloria ou outras dietas, como a dieta detox . Tudo depende da pessoa.”

Quanto às outras vantagens, um estudo descobriu que o jejum intermitente pode ajudar a melhorar os níveis de colesterol total e triglicérides, outro descobriu que é tão eficaz em ajudar a ter uma composição corporal saudável quanto a restrição calórica, e também há a possibilidade de reduzir o  risco de câncer, o envelhecimento lento, impulsionar o sistema imunológico e reduzir a inflamação, diz Harvard Medical School , mas mais pesquisas ainda precisam ser feitas.

Existem algumas desvantagens?

 

Embora haja muitos benefícios, também há algumas desvantagens a serem percebidas: “Pode ser extremamente desencadeante para pessoas que têm uma tendência a – ou uma história de – distúrbios alimentares . Também é um tanto inconveniente se você viaja muito ou vai sai muito para o jantar. 500 calorias não é muito alimento “, diz Langer. “Por último, algumas pessoas podem comer mais nos dias que se seguiram a um jejum para compensar a comida que não receberam no dia anterior. Isso pode sabotar completamente qualquer progresso que eles fizessem com essa dieta.”

Pronto para dar um jejum intermitente?

 

Se você quiser experimentar o jejum intermitente, Langer recomenda seguir o método que funciona melhor para você: “Um método legítimo é jejuar 18 horas por dia e comer por 6. Ou se 5: 2 funcionar, então vá com isso. Apenas Não coma compulsivamente – ou mesmo coma demais – nos dias de “alimentação normal”.

Se você acaba tentando jejum intermitente ou não, ela só quer que as pessoas mantenham uma coisa em mente: “Nenhuma dieta funciona para todos, e na maioria dos casos, apenas comer saudável e se movimentar mais é o melhor plano”.

 

 

Mitos sexuais que podem prejudicar homens e mulheres

acompanhantes

Não sou capaz de ter orgasmos

Enquanto cerca de 25% das mulheres frequentemente relatam problemas com orgasmos, menos de 5% são fisicamente incapazes de fazê-lo, não seja tão rápido em contar-se entre eles.

Mesmo que você nunca tenha conseguido chegar ao clímax no passado, isso não significa que você não pode visar o grande “O” agora. “Alguns casais nunca desenvolveram realmente a arte das preliminares, o que é especialmente importante para ajudar o orgasmo das mulheres durante o sexo.

Talvez as preliminares de que você gostava como recém-casados ​​tenham ficado de lado ao longo dos anos, já que você teve que espremer o sexo em suas programações agitadas. Mas nunca é tarde demais para dizer ao seu parceiro que você precisa gastar mais tempo com as preliminares (mais beijos, mais carícias nos seios e mais estimulação direta do clitóris, que é o bilhete de ouro para muitas mulheres). Se você recentemente começou a perder orgasmos, a diminuição dos níveis de testosterona, que afeta a libido, a fantasia e o orgasmo, pode ser um fator.

O Vicio em vibradores

Usando um vibrador pode ajudá-lo a gozar com mais facilidade, mas isso não o impedirá de você ter orgasmos sem o vibrador posteriormente.

Portanto, não tenha medo de usar um por conta própria ou pense que é apenas para “pumas” mais descolados, que é outro mito comum. De fato, mais de 50% das mulheres americanas (em média 40 anos) usam vibradores, de acordo com um estudo de 2009 da Universidade de Indiana publicado no Journal of Sexual Medicine.

Se você acha que levar um para o quarto poderia intimidar seu homem, considere isto: um estudo separado da Universidade de Indiana publicado no mesmo jornal descobriu que 45% dos homens usaram um, também, especialmente com parceiros do sexo feminino.

Não só pode apimentar o sexo com seu cônjuge; se você estiver entre parceiros, um vibrador ou autoestimulação pode ajudá-lo a desfrutar do prazer sexual e manter uma vagina saudável, mantendo a circulação na área.

Felizmente, com as compras online, os vibradores são mais fáceis do que nunca de comprar na privacidade da sua própria casa.

Além disso o uso de vibradores ajudam homens que sofrem de problemas de ejaculação precoce. Isso porque quando faz com que a mulher chegue ao orgasmo antes, dando tempo do parceiro chegar ao orgasmo junto

Para saber mais sobre ejaculação precoce, visite o artes de cura em https://www.artesdecura.com.br/ejaculacao-precoce-como-resolver-tratamento/

Os preservativos são para adolescentes

Os adultos também precisam de proteção. Se você é uma mulher solteira ou está namorando novamente após o divórcio, você deve sempre manter alguns preservativos em sua bolsa e gaveta do criado-mudo, e insistir para que seu parceiro use um.

Mesmo que a gravidez não seja mais uma preocupação – e lembre-se, você ainda pode engravidar contanto que você fique menstruada, mesmo que seja irregular – você precisa se proteger contra infecções sexualmente transmissíveis como clamídia , gonorréia e HIV / AIDS.

As pessoas associam o uso do preservativo à prevenção da gravidez, não protegendo-se contra as DSTs .” Mas o número de homens e mulheres com mais de 50 anos com o HIV está aumentando.

Os preservativos percorreram um longo caminho desde que você era adolescente, em termos de textura, forma e lubrificante (tanto dentro quanto fora do preservativo).

Como reviver sua vida sexual

Quer saber se você deve adicionar pornografia ao seu repertório sexual? Para alguns casais, assistir a vídeos sensuais pode ajudar a criar mais calor entre os lençóis. Mas outros podem descobrir que a pornografia compromete a intimidade ao dessensibilizar suas reações ao parceiro.

“É uma questão de intensidade, grau, frequência e tipo”, diz Sandra Leiblum, PhD , terapeuta sexual e diretora de serviços psicológicos do Centro de Bem-Estar Sexual de Nova Jersey, em Bedminster, Nova Jersey. “Assistir pornografia juntos pode aumentar o interesse e ser uma benção para casais que estão tendo problemas para alcançar a excitação.”

Mas se um parceiro vê a pornografia com frequência e ignora o outro parceiro porque o material é tão cativante, pode ser prejudicial. “É tudo sobre como a pornografia é usada”, diz o Dr. Leiblum. Veja como abordar o assunto com o seu outro significativo e incorporar pornografia em sua vida sexual.

Perguntar ao seu parceiro para ver pornografia

acompanhantes

Se você decidir que assistir a pornografia é algo que você quer tentar com seu parceiro, use sua imaginação para pensar em maneiras de abordar o assunto. Por exemplo, você pode assistir a um filme romântico que contenha uma cena de sexo ligeiramente explícita e usá-lo como uma conversa inicial. Ou você pode criar pornografia para casais quando estiver abraçando e compartilhando segredos ou fantasias.

Inicialmente, seu parceiro pode ficar relutante em assistir a um vídeo de sexo com você. Às vezes, essa hesitação é baseada no medo de ser desfavoravelmente comparado aos atores do vídeo de sexo. Uma resposta a essa preocupação é explicar que as estrelas pornôs envolvidas são atores e, como as estrelas de Hollywood, não se espera que elas se pareçam ou agem como pessoas comuns – mas, em vez disso, retratam ideais que provavelmente estimulam a excitação.

Escolhendo o vídeo certo

Ao decidir qual vídeo de sexo assistir, escolha um com um enredo decente, enredo e muita linguagem erótica. Algumas lojas de sexo para adultos foram reformadas para tornar suas lojas mais convidativas para os casais. “Eles oferecem aos casais a oportunidade de explorar os títulos em um ambiente limpo e bem iluminado”, diz Patti Britton, PhD , sexóloga clínica e educadora de sexualidade em Los Angeles.

Para casais que querem experimentar pornografia, mas têm vergonha de pisar em uma sex shop, há muitas lojas online que vendem DVDs para adultos, diz o Dr. Britton. Ela recomenda um site chamado FreddyandEddy.com , mas diz que muitos títulos também estão disponíveis na Amazon.com. Alguns cremes para o homem também podem ser encontrados na https://www.artesdecura.com.br/macho-power/

Ou no vídeo abaixo:

Usando Pornô

A pornografia de casais deve ser uma ajuda sexual divertida que pode ser compartilhada e desfrutada mutuamente. Aqui estão algumas maneiras de visualizá-lo em conjunto:

  • Assista o vídeo de sexo inteiro juntos antes de fazer amor.
  • Observe enquanto abraça e acaricia um ao outro.
  • Peça ao seu parceiro para assistir ou ler enquanto você se despir para fazer sexo na sala ao lado.
  • Experimente uma posição sendo retratada no vídeo ou na revista.
  • Dê ao seu parceiro sexo oral enquanto ele assiste ao vídeo de sexo.
  • Faça sexo em uma  posição sexual  que permita que você assista ao vídeo, como na entrada de trás.

Casais pornô pode ser uma ótima maneira de apimentar sua vida sexual. Mas certifique-se de que você e seu parceiro são participantes dispostos e não se tornem dependentes de vídeos de sexo sempre que fizerem amor. Em outras palavras, divirta-se – mas use pornografia com moderação.

Tratamentos para estrias: Conheça os melhores tratamentos e acabe com elas

Tratamentos para estrias Conheça os melhores tratamentos e acabe com elas

Uma das principais alterações em nosso corpo, que nos mulheres buscamos sempre eliminar, é com toda certeza as estrias, mas não devemos encarar essas mudanças como defeitos abomináveis, mas sim como apenas detalhes que podem ser trabalhados.

Hoje no mercado há uma serie de tratamentos para estrias, que visam diminuir a aparência dessas na nossa pele, e em muitos casos até mesmo elimina-las.

As estrias são como cicatrizes em nossa pele, que se formam em decorrência ao rompimento das fibras elásticas.

Tratamentos para estrias Conheça os melhores tratamentos e acabe com elas

O tratamentos para estrias que você ira realizar, ira variar sempre de acordo com o tipo de estria que se apresenta, e os resultados podem ser diferentes para cada pessoa.

Como é de conhecimento geral que elas incomodam muita gente, separamos alguns dos principais tratamentos para amenizar a aparência das estrias na coxa, barriga, seios ou em outras partes do corpo.

Tratamentos para estrias vermelhas

Antes de conhecer os tratamentos para estrias, você precisa compreender o tipo de estrias que podem aparecer na sua pele, onde as vermelhas são as mais recentes, e isso faz também com que estas tenham maiores chances de serem eliminadas por completo.

Há métodos mais simples e naturais para elimina-las, como uma esfoliação suave com óleos e açúcar cristal em movimentos circulares, cremes específicos para esta função, que devem ser prescritos por dermatologistas, e que também trazem resultados satisfatórios neste estágio inicial das estrias.

Mas, há alguns tratamentos para estrias indicados especificamente para as vermelhas, como:

Radiofrequência

A radiofrequência age funcionando melhorando o metabolismo e a aparência natural da pele, sendo uma técnica não invasiva que é aplicada apenas no local tratado.

O tratamento se consiste em elevar a temperatura da pele e do tecido subcutâneo, estimulando assim uma produção de colágeno.

Com este tratamentos para estrias, também é indicado para tratar cicatrizes de acne e ajudar a reduzir a flacidez da pele, rugas e até mesmo celulite.

De modo, é necessárias de 3 a 10 sessões na região da estria para a sua eliminação, mas este número pode variar de acordo com o objetivo do tratamento, que deve ser aliado a uma alimentação saudável e a prática de exercícios.

Luz pulsada

O tratamentos para estrias com luz pulsada, visa atingir os vasos sanguíneos, aumentando também a temperatura local e estimulando uma produção maior de colágeno.

Este tratamento não é dolorido, mas pode causar uma leve sensação de ardor no local da aplicação, onde o mesmo pode ser associado à técnica de laser fracionado e peeling químico.

Este tratamentos para estrias, também é indicada para tratar cicatrizes e manchas superficiais na pele.

Tratamentos para estrias brancas

Veja abaixo os principais tratamentos para estrias brancas:

Carboxiterapia

A carboxiterapia é considera um dos tratamentos para estrias mais procurados nas clínicas e realizado, sendo também indicada para tratar a flacidez e a gordura localizada.

Este tratamento consiste na aplicação do gás carbônico sob a camada inferior da pele com a ajuda de uma pequena agulha, melhorando assim a circulação sanguínea e a oxigenação da pele.

Esta técnica é um pouco dolorido e a região da aplicação fica um pouco inchada logo após a sessão, mas isso melhora com o tempo.

Laser de CO2

O tratamentos para estrias com laser de CO2 fracionado, restaura a elasticidade e hidratação natural da pele, funcionando contra as estrias, cicatrizes de acne, e manchas de envelhecimento, rugas e a flacidez.

O CO2 fracionado usado neste tratamento provoca a dermoabrasão, estimulando assim a reconstrução das fibras elásticas e uma maior produção de colágeno da pele.

Este tratamento, também pode ser usado em estrias vermelhas, onde ele fecha os vasos sanguíneos e melhorando consequentemente o aspecto da pele.

Agora que você já conhece os principais tratamentos para estrias, escolha aquele que melhor se enquadra para o seu tipo de estria e pare de se incomodar com esses risquinhos na sua pele.

A falta de vitamina d causa o que no organismo

 

À medida que o verão avança, certifique-se de aproveitar ao máximo os dias de sol e aumentar seus níveis de vitamina D; Esse nutriente está ligado a muitos aspectos importantes da saúde. Pesquisas recentes chegaram a encontrar uma ligação entre baixos níveis de vitamina D e doença pulmonar intersticial.

 

A doença pulmonar intersticial (DPI) refere-se a uma série de problemas pulmonares graves que afetam a função desse órgão respiratório.

Esses problemas pioram facilmente e podem causar danos irreversíveis que encurtam a expectativa de vida de uma pessoa.

É por isso que uma equipe da Johns Hopkins Medicine, em Baltimore, vem explorando vários fatores de risco modificáveis ​​para essa condição.

Os cientistas esperam que eles sejam capazes de identificar medidas preventivas viáveis ​​que possam ser implementadas com bastante facilidade.

A equipe foi capaz de verificar que pessoas com níveis baixos a intermediários de vitamina D no sangue estavam mais severamente expostas à DPI do que os pares com níveis recomendados desse nutriente crucial.

Os resultados deste estudo foram publicados ontem no Journal of Nutrition .

 

Baixa vitamina D associada a danos nos pulmões

 

A equipe médica associada de medicina na Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins – e seus colegas revisaram os dados médicos de 6.302 participantes do estudo inicialmente recrutados para o Estudo Multi-Étnico da Aterosclerose .

A maioria desses participantes (53%) eram mulheres e tinha 62 anos, em média. Na coorte, 38 por cento das pessoas eram brancas, 28 por cento eram afro-americanas, 22 por cento eram hispânicas, e os restantes 12 por cento eram descendentes de chineses.

 

Os participantes foram acompanhados por mais de 10 anos, e amostras de sangue foram coletadas em intervalos. Os especialistas procuraram um marcador de vitamina D chamado 25-hidroxivitamina D (25 [OH] D).

Todos os que tinham menos de 20 nanogramas por mililitro de 25 (OH) D no início do estudo eram considerados deficientes em vitamina D – e os números somavam 2.051 pessoas com níveis tão baixos.

Participantes que tinham 20-30 nanogramas por mililitro do biomarcador de vitamina D foram considerados como tendo níveis intermediários da vitamina, e aqueles com 30 nanogramas por mililitro ou mais foram considerados como tendo níveis ótimos de vitamina D.

No início do estudo, bem como em vários pontos durante este estudo, todos os participantes foram submetidos a tomografia computadorizada do coração – uma vez que o estudo multiétnico da aterosclerose estava preocupado principalmente com a saúde cardiovascular – que também mostrava parte dos pulmões desses indivíduos.

 

Após 10 anos da data do registro, 2.668 participantes também foram submetidos a tomografias pulmonares completas que foram analisadas em busca de sinais de lesão pulmonar ou anormalidades.

 

Veja também outros conteúdos  – http://wordpress-273744-871231.cloudwaysapps.com/mamao-4-beneficios-e-propriedades-desta-fruta/

Os pesquisadores descobriram que aqueles com níveis baixos ou mesmo intermediários de vitamina D tinham um risco maior de mostrar sinais precoces de DPI.

Nós sabíamos que o hormônio ativado pela vitamina D tem propriedades anti-inflamatórias e ajuda a regular o sistema imunológico, que dá errado na DPI“, explicam os especialistas.

“Também há evidências na literatura de que a vitamina D desempenha um papel nas doenças pulmonares obstrutivas, como asma e [doença pulmonar obstrutiva crônica]“, acrescenta ela, “e agora descobrimos que a associação existe com essa forma cicatricial de doença pulmonar também.

‘Vitamina D importante para a saúde dos pulmões’

 

Os pesquisadores observaram que as tomografias de pulmão dos participantes que não tinham níveis adequados de vitamina D mostraram uma maior quantidade de manchas indicativas de tecido danificado, quando comparadas com aquelas de participantes com níveis ótimos de vitamina D.

Esses achados permaneceram válidos, mesmo depois que os pesquisadores ajustaram sua análise para considerar possíveis fatores modificadores, como idade, tabagismo, obesidade ou falta de exercícios regulares.

Além disso, os participantes com deficiência de vitamina D também eram 50% a 60% mais propensos do que os participantes com níveis sangüíneos saudáveis ​​deste nutriente a mostrar sinais precoces de DPI.

 

Prevenção

Trabalhando com a prevenção , como uma grande parcela da população está ainda presa em hábitos não muito saudáveis , orienta-se que faça algumas check-ups dê saúde sempre no mínimo 1 vez ao ano, o SUS tem uma estrutura voltada a atendimentos básicos formada para atender este tipo de necessidade.

 

Com esta estrutura também é coletado dados para que posteriormente vire pesquisas específicas sobre algumas tendências e doenças da sociedade.

 

Não esqueça caso ainda não tenha seu Cartão do SUS é fácil retirar, basta realizar o cadastro pelo site e comparecer munido de documentos em uma unidade cadastradora .

 

Veja mais em nosso post explicando passo a passo como tirar o Cartão SUS .

 

Sugere o estudo que: níveis baixos de vitamina D podem ser prejudiciais aos pulmões

Segundo o estudo pode ser considerar agora que juntamente com o tabagismo e toxinas ambientais, poluição do ar , tão danoso quanto estes citados a falta de vitamina D pode ser extremamente danoso aos pulmões

 

Sabendo que uma doença pulmonar atualmente é uma doença considerada incurável é necessário que sejam feitas mais pesquisas neste campo a fim de comprovação sobre os baixos níveis de vitamina D e a relação com tabagismo por exemplo, afirmam os pesquisadores.

Uma das pesquisas que devem ir a frente é monitorar e aferir se aumentando os níveis de vitamina D no sangue é possível desacelerar os problemas provenientes dê uma doença pulmonar.

Aumentar os níveis de vitamina D é uma medida preventiva fácil, exigindo apenas pequenos ajustes no estilo de vida, como passar mais tempo sob a luz natural do sol e ingerir alimentos ricos nesse nutriente, como peixes gordurosos, como salmão e cavala.

Sintomas de gastrite: Você sofre desse mal? Veja os sintomas e como tratar

Sintomas de gastrite

Não saber identificar os sintomas de gastrite é o principal fator para que as pessoas só consigam um diagnóstico quando já estão em um estágio avançado da doença. Dificultando assim a eficácia do tratamento e a recuperação da saúde do estômago.

Diferente do que muitas pessoas imaginam, a azia não é a única responsável por indicar que você está sofrendo desse mal. De fato, há vários outros sintomas que a doença desenvolve e o mais preocupante é que dificilmente as pessoas os associam à gastrite.

Sintomas de gastrite

Quer saber mais? Então continue a leitura para descobrir os sintomas mais comuns dessa doença, assim como as suas causas e os melhores tratamentos. Confira:

Sintomas de Gastrite

Os sintomas de gastrite podem ser manifestados de diferentes formas no organismo. A intensidade do incômodo variar de acordo com o tipo e estágio da doença que está afetando o paciente. Porém de maneira geral, é possível identificá-las através dos seguintes sinais:

 

  • Dores agudas no estômago;
  • Náuseas e vômitos;
  • Azia;
  • Sensação constante de estômago cheio;
  • Sensação de queimação no estômago;
  • Gases e arrotos frequentes;
  • Indigestão;
  • Inchaço abdominal;
  • Mal-estar geral.

 

Caso o paciente sinta alguns desses sintomas é crucial buscar orientação profissional. Afinal, o diagnóstico de gastrite só pode ser confirmado através de um exame de endoscopia digestiva para verificar a presença da bactéria Helicobacter Pylori e de possíveis inflamações na parede do estômago.

 

Causas da gastrite

É importante destacar que a gastrite não é provocada por um único agente, existem vários fatores que afetam o sistema gastro e o seu funcionamento. Na verdade, deve se analisar o tipo de gastrite que o paciente possui para identificar o agente causador da doença. De maneira geral, elas são os seguintes:

 

Gastrite Aguda

Este tipo é causado pela infecção da Helicobacter Pylori, uma bactéria que se fixa no estômago, destruindo o revestimento das paredes intestinais e causando inflamações.

 

Gastrite Nervosa

Causada pelos níveis elevados de estresse, que alteram o funcionamento gastrointestinal e assim facilitam o desenvolvimento de inflamações no estômago.

 

Gastrite Crônica

Esse tipo de gastrite é provocado pelo uso constante de remédios anti-inflamatórios. O seu tratamento consiste no uso de medicamentos específicos para reduzir o muco intestinal. Principal agente por manter as paredes do estômago desprotegidas contra o ácido gástrico.

 

Gastrite Enantematosa

Apesar desse tipo também aparecer por causa de infecções da bactéria H. Pylori, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas é outro fator que causa uma inflamação na camada mais profunda da parede do estômago, visto que o álcool age similarmente aos anti-inflamatórios.

 

Gastrite Eosinofílica

Causada principalmente por doenças autoimunes e o aumento de células imunológicas no estômago.

 

Tratamentos

O tratamento para aliviar e até acabar de vez com os sintomas de gastrite é geralmente feito com um médico gastroenterologista. Após um exame de endoscopia digestiva com resultado afirmativo da inflamação é preciso iniciar um tratamento adequado para o tipo de gastrite apresentada.

Na maioria dos casos, o tratamento mais eficiente é realizar uma reeducação alimentar com uma dieta para gastrite. Um profissional nutricionista será o responsável por criar a rotina de alimentação adequada para cada paciente.

Porém de maneira geral, é recomendado evitar comidas gordurosas e frituras, assim como bebidas alcoólicas, gaseificada e industrializadas. Também é recomendado aumentar a ingestão de frutas e queijos magros e comer em porções menores de 3 em 3 horas.

Os tratamentos naturais indicados para a gastrite são os chás de ipê roxo e de espinheira santa. Assim como, o sumo da couve elaborado a base de água, suco de batata crua e leite desnatado.

Alguns medicamentos específicos para aliviar as dores e principalmente proteger o estômago dos ácidos também podem ser utilizados. Por fim, para a gastrite nervosa é preciso conciliar os tratamentos com o controle do estresse.

A gastrite é uma doença incômoda e perigosa, que pode evoluir para uma úlcera no estômago. Por isso, identificar os sintomas de gastrite e tratá-la da forma mais rápida possível é necessário para evitar problemas maiores.

Ao sentir os sintomas dessa doença, é recomendado buscar o tratamento médico de imediato. Busque alternar a medicação prescrita pelo profissional com métodos mais naturais.  Os remédios são importantes para aliviar a dor, mas não são a única opção para você.

Porque os homens gostam tanto de gozar na boca

“Quero gozar na sua boca?” 

Deixa gozar na boca, deixa!?  Uma frase com as mais variadas respondas!

Mas porque os homens gostam tanto de gozar na boca ?

Basicamente, esta tara vendo do lado do fetiche, do macho alfa, dominante sobre a mulher e da sensação de poder.

Porém, a questão é que nem toda mulher curte a ideia do “grand finale” na boca, essa que tanto excita os homens. Algumas não fazem devido ao gosto e a consistência, outras até por questões psicológicas, como toda a cumplicidade que esse ato envolve e também a imagem de submissão que causa perante ao companheiro.

Pois é, existem ‘n’ motivos que levam algumas mulheres a não gostar dessa prática. No entanto, sexo é troca e experimentar é sempre bom, especialmente quando essa experiência envolve muito prazer. Não é fácil agradar gregos e troianos, mas com jeito e disposição de ambas as partes, é possível aproveitar do melhor que essa prática tem a oferecer.

Afinal, faz mal gozar na boca?

Na verdade, não há estudo que comprove que engolir sêmen faça mal ao organismo. A questão de gozar na boca é o risco de contaminação por bactérias e vírus, como o HIV (AIDS), por exemplo. Por isso é muito importante saber sobre a condição de saúde da pessoa com quem está se envolvendo. Se você não tiver plena certeza, opte por alternativas criativas como fazer sexo oral com camisinha de sabor ou pedir que ele ejacule em outra parte do seu corpo, no rosto ou seios.

E aí, cospe ou engole?

Você já deve ter escutado, pelo menos uma vez na vida, a clássica pergunta: “cospe ou engole?”. Mas, e aí, o que fazer? Bom, cuspir nunca causa uma boa impressão. Não só porque o homem se sente – de certa forma – rejeitado, mas também porque a sensação de cuspir o sêmen não é nada agradável.

Primeiro, é preciso entender que você não é obrigada a engolir caso não queira. Se sentir nojo ou não estiver a vontade, faça como dito acima, use camisinha ou peça para que ele goze em outra parte do seu corpo.

Agora, se estiver disposta a agradá-lo e experimentar deixá-lo gozar na boca, relaxe e siga em frente. Mas, leve em consideração que o gosto do esperma pode variar de acordo com o que o homem comer, então nem sempre o sabor será dos melhores.

Geralmente o homem fica mais sensível pouco antes de ejacular e começa a gemer diferente. Em todo o caso, peça para que ele avise ou faça um sinal quando estiver perto de gozar.

Tenha certeza se quer mesmo deixá-lo gozar na boca. Acredite, a situação pode ser muito constrangedora se não estiver segura sobre isso.

Conversa e fundamental

Conversa com seu parceiro é fundamental e vai poupá-los de problemas depois. Se ele tem essa fantasia de gozar na boca, esteja aberta para ouvir. Se for o caso, você pode negociar uma fantasia por outra, peça para que ele realize alguma que tenha desejo e você retribui deixando que goze na sua boca.

Descubra como não gozar rápido durante o sexo.

Agora, se realmente não existir a possibilidade de você tentar engolir, mostre o seu ponto de vista à ele e mostre que há outras alternativas muito interessantes e igualmente prazerosas. O importante é que nem um dos dois fique frustrado ou acabe fazendo o que não quer.

sair da rotina sexual

Gostou ? Quer mais dicas de sexo.


Estas dicas de sexo na menstruação farão sua brincadeira ainda melhor

Tesão de vaca

Se você já leu sobre isso online ou conversou com suas amigas, agora você já ouviu falar que o período do sexo pode ser bem surpreendente.

Além disso, muitos homens estão finalmente admitindo que estão envolvidos, então é improvável que você enfrente muita resistência se quiser dar um giro.

Para aqueles que estão curiosos, aqui está tudo o que você precisa saber sobre fazer sexo no seu período, para que você (e tudo bem, seu parceiro também) possa ter uma experiência alucinante.

Tesão de vaca

Tesão de vaca

 

Você pode se sentir mais excitada durante o período menstrual.

 

Se você se sentir tão excitado durante o período em que a ideia de esperar seis dias por sexo é tão horrível quanto um dia em uma câmara de tortura, você não está sozinho.

Também não é apenas sua imaginação. Algumas mulheres experimentam níveis mais altos de excitação durante a menstruação, enquanto outras não conseguem sequer pensar em fazer o ato até que sua mesntruação se acabe..

Nenhuma abordagem ao sexo de período é errada ou vergonhosa – nossos corpos são simplesmente diferentes.

“Flutuações hormonais podem aumentar a excitação, diminuí-la e, para muitas mulheres, não fazer nada”, diz Laura Deitsch, sexóloga residente da Vibrant, uma plataforma on-line para produtos adultos cujos lucros ajudam a financiar a Planned Parenthood of the Rocky Mountains. “A química do corpo é tão individual que há pouca maneira de prever o efeito.”

Dito isto, se você é alguém que está mais interessado em sexo antes ou durante o seu período, você pode agradecer a testosterona.

As mulheres têm uma quantidade menor do hormônio do que os homens, mas isso influencia seu desejo sexual, diz Elle Carla, uma educadora, autora e palestrante.

Como a testosterona tende a aumentar durante a ovulação, é comum que muitas mulheres se sintam mais estimuladas do que o habitual.

E não há nada que você precise fazer sobre isso, exceto entregar-se totalmente, sim, isso é ótimo pois vcê não precisou de nenhum estimulante sexual como Maca Peruana ou Tesão de vaca, nada disso, isso tudo foi natural.

 

Há muitas vantagens no Sexo durante o período menstrual

 

O principal deles a focar: melhores orgasmos. A penetração, bem como as preliminares e o sexo oral, durante a menstruação proporcionam benefícios fisiológicos e psicológicos que podem ser especialmente benéficos durante o período menstrual.

“O aumento da lubrificação, aumento da sensação, liberdade e senso de poder podem ser alguns dos benefícios que uma mulher experimenta”, diz Deitsch. “As contrações musculares durante um orgasmo também podem ajudar a aliviar cólicas menstruais, porque o útero está sendo massageado por dentro.”

Além disso, pode parecer que seu período está fluindo ainda mais rápido durante o sexo, especialmente se você tiver um orgasmo forte.

As contrações musculares podem efetivamente “extrair” mais tecido do útero, diz Deitsch, e algumas mulheres dizem sentir que a duração de sua menstruação é menor quando fazem sexo.

Infelizmente, não há provas médicas que confirmem essa afirmação, mas o rastreamento do seu período pode torná-lo mais consciente dos padrões.

 

Existem algumas desvantagens também.

 

Desvantagens? Para sexo? Diga que não é assim. Se você planeja fazer sexo durante a menstruação, um dos contras óbvios é que você provavelmente terá que fazer uma carga de roupa depois que tudo acabar. Mas há outra consideração mais séria a ter em mente: seu período pode expor você e seu parceiro a infecções sexualmente transmissíveis.

“Há um aumento do risco de transmissão das IST devido à exposição ao sangue se a mulher tiver alguma infecção”, diz Deitsch. “E porque o colo do útero está mais aberto durante a menstruação, há um risco aumentado de transmissão de IST para a mulher”. um parceiro infectado “.

Lembre-se: a única forma de controle de natalidade que protege contra as DSTs é o preservativo masculino ou feminino. Por isso, se não tiver a certeza de si ou do estatuto do seu parceiro, envolva-o.

Gravidez é possível.

Muitas pessoas preferem sexo período precisamente porque as chances de engravidar são muito mais baixas do que durante a ovulação. Mas ainda é possível engravidar durante a menstruação, especialmente se você tem períodos erráticos ou um ciclo mais curto do que a média de 28 a 30 dias, diz Carla.

“Se for esse o caso, e como os espermatozóides podem viver no útero e no canal vaginal por até cinco dias (alguns estudos dizem até sete), pode ser possível conceber se você fez sexo até o fim da sua menstruação e depois ovular alguns dias depois que você parou “, diz Carla. “Esta é uma das razões pelas quais é uma boa ideia acompanhar os seus ciclos para que você saiba quando está ovulando.”

Também é uma boa ideia continuar usando preservativo ou outra forma de controle de natalidade, mesmo durante o período menstrual.

 

Existem maneiras de tornar o período de sexo ainda melhor.

 

Deitar algumas toalhas vermelhas é sempre uma idéia inteligente, simplesmente porque facilita a limpeza e você não vai se concentrar em qual mancha você deve usar quando você está tentando ter um orgasmo.

Mas há várias outras maneiras criativas de ajudar você a preparar o cenário para um período de sexo realmente bom.

“Se você não quer se preocupar em derramar sangue em lençóis ou toalhas, o sexo com chuveiro é uma ótima aposta”, diz Carla.

“A limpeza não é apenas uma brisa, mas a vagina é mais lubrificada durante o período menstrual [e isso] pode tornar o sexo com penetração mais agradável”.

E lembre-se, o sexo com penetração não é sua única opção. Há diversão com brinquedos, sexo digital, até mesmo o sexo oral é ótimo “, diz Carla.” Se você ou seu parceiro estiverem um pouco reticentes sobre oral durante o seu período menstrual, use uma represa (um pedaço fino de látex para cobrir a vulva). ), plástico, ou até mesmo um preservativo cortado ao meio no sentido do comprimento para cobrir a vulva. ”

É claro que o melhor período sexual ou nenhum período – depende de manter uma linha aberta de comunicação entre você e seu parceiro.

Você pode estar totalmente na idéia de fazer sexo durante o seu período, mas certifique-se de que seu parceiro também esteja totalmente a bordo. Caso contrário, fale sobre o que é bom e o que não é.

“Posições que permitem a penetração variada, dependendo de cãibras, inchaço e excitação, são super individuais”, diz Deitsch. “Nenhuma posição será melhor para qualquer pessoa devido à menstruação. Conheça seu corpo, conheça seu conforto e vá em frente!”

Quando ver seu médico para tratar impotência

Quando problemas sexuais continuam acontecendo, mesmo apos uso de suplementos com maca peruana, tribullus, etc… e ambos os parceiros podem ter ansiedade. As coisas podem aumentar se você não discutir isso.

Se a situação não melhorar ou você suspeitar de uma razão física, é hora de consultar o seu médico. Esteja preparado para fornecer um histórico médico completo, incluindo uma lista de medicamentos prescritos e de venda livre. Informe o seu médico as especificidades do seu problema.

Seu médico começará com um exame físico. Dependendo do resultado, isso pode ser seguido por um teste de diagnóstico. Se eles não encontrarem uma causa física, considere ver um terapeuta.

Veja aqui Dicas para evitar a disfunção erétil

Tratar causas físicas

O tratamento depende da causa específica. Às vezes, tratar uma condição médica subjacente resolverá a situação. Em alguns casos, a troca de medicamentos pode funcionar.

O tratamento da disfunção erétil avançou muito nos últimos anos. Muitos homens têm resultados positivos usando medicamentos prescritos como o Viagra . Outros remédios incluem ajudas mecânicas, implantes penianos ou cirurgia.

Géis ou cremes lubrificantes ou terapia hormonal podem resolver o problema da secura vaginal.

Tratar causas psicológicas

Aconselhamento psicológico pode ajudar. Um terapeuta pode ensiná-lo a lidar com o estresse e a ansiedade. Aconselhamento conjunto com o seu parceiro pode ajudar a melhorar a comunicação e aumentar a intimidade.

Às vezes, o apoio e a educação sobre o comportamento sexual são tudo o que você precisa. Você pode abordar a imagem corporal e outras inibições no aconselhamento. Para uma disfunção sexual profundamente enraizada, a psicoterapia pode ser necessária.

Perspectiva de longo prazo

Muitas vezes, quanto mais tempo uma disfunção sexual continua, mais aumenta o seu nível de estresse e ansiedade. Isso pode perpetuar o problema. Na maioria das vezes, as perspectivas para as pessoas com disfunção sexual são muito boas. No entanto, algumas condições médicas dificultam a superação.

Você pode reverter a disfunção sexual devido ao estresse ou a circunstâncias temporárias se abordá-las abertamente. Problemas psicológicos profundos podem levar mais tempo para serem resolvidos ou podem nunca ser resolvidos completamente, mas você pode melhorá-los.

Pontos a considerar

A comunicação é importante. Se você tiver algum tipo de disfunção sexual, fale com seu parceiro. Não hesite em procurar aconselhamento médico.

É mais provável que você sofra de disfunção sexual se abusar de álcool ou drogas. Antes de tomar um novo medicamento, conheça os possíveis efeitos colaterais. Você deve levá-los apenas como indicado.

A disfunção sexual acontece com a maioria das pessoas de uma vez ou outra. Se se tornar um problema contínuo, você deve procurar ajuda.