O perigo do sedentarismo para saúde

O perigo do sedentarismo para saúde

Depois de um longo dia de trabalho não tem nada mais tentador do que sentar em frente à TV para assistir a um filme ou a sua novela favorita, não é? Ligar o computador e navegar por horas também é um passatempo divertido, porém, essas atividades escondem um grande perigo: o sedentarismo.

Acredite se quiser, a falta de exercícios físicos é mais perigosa para a saúde do que a obesidade e pode levar a outros problemas graves, como a diabetes, doenças do coração, hipertensão e até mesmo ao agravamento da própria obesidade. Problemas na musculatura, nas articulações e psiquiátricos (como a depressão) também podem surgir.

Todos esses problemas são resultados da deficiência que o sedentarismo causa ao nosso metabolismo, levando ao aumento de gordura corporal e ao enfraquecimento ou perda da massa muscular. E se você pensa que esses malefícios atingem exclusivamente os adultos, está enganado, por que as crianças sedentárias podem sofrer com problemas similares.

A boa notícia é que evitar esses problemas é mais fácil do que você imagina. Não precisa deixar de assistir televisão ou navegar na internet, muito menos se tornar um superatleta. Os médicos indicam que 15 minutos diários de atividades físicas leves – como uma caminhada – já são suficientes para deixar de ser sedentário.

E incluir um pouco mais de atividade no seu dia a dia também vale: subir escadas ao invés de pegar o elevador, levantar-se a cada hora no escritório ao invés de passar 4 horas sentado, brincar com as crianças ou com o cachorro todos os dias… Tudo isso contribui para um dia mais ativo.

E não vale ficar inventando desculpas para adiar as atividades físicas, procure alguma que você curta e defina horários diários para praticar. Existem alguns exercícios simples que podem ser praticados por iniciantes e sem sair de casa.

Todd Hernandez

Os comentários estão fechados.