Sintomas de gastrite: Você sofre desse mal? Veja os sintomas e como tratar

Sintomas de gastrite: Você sofre desse mal? Veja os sintomas e como tratar

Sintomas de gastrite

Não saber identificar os sintomas de gastrite é o principal fator para que as pessoas só consigam um diagnóstico quando já estão em um estágio avançado da doença. Dificultando assim a eficácia do tratamento e a recuperação da saúde do estômago.

Diferente do que muitas pessoas imaginam, a azia não é a única responsável por indicar que você está sofrendo desse mal. De fato, há vários outros sintomas que a doença desenvolve e o mais preocupante é que dificilmente as pessoas os associam à gastrite.

Sintomas de gastrite

Quer saber mais? Então continue a leitura para descobrir os sintomas mais comuns dessa doença, assim como as suas causas e os melhores tratamentos. Confira:

Sintomas de Gastrite

Os sintomas de gastrite podem ser manifestados de diferentes formas no organismo. A intensidade do incômodo variar de acordo com o tipo e estágio da doença que está afetando o paciente. Porém de maneira geral, é possível identificá-las através dos seguintes sinais:

 

  • Dores agudas no estômago;
  • Náuseas e vômitos;
  • Azia;
  • Sensação constante de estômago cheio;
  • Sensação de queimação no estômago;
  • Gases e arrotos frequentes;
  • Indigestão;
  • Inchaço abdominal;
  • Mal-estar geral.

 

Caso o paciente sinta alguns desses sintomas é crucial buscar orientação profissional. Afinal, o diagnóstico de gastrite só pode ser confirmado através de um exame de endoscopia digestiva para verificar a presença da bactéria Helicobacter Pylori e de possíveis inflamações na parede do estômago.

 

Causas da gastrite

É importante destacar que a gastrite não é provocada por um único agente, existem vários fatores que afetam o sistema gastro e o seu funcionamento. Na verdade, deve se analisar o tipo de gastrite que o paciente possui para identificar o agente causador da doença. De maneira geral, elas são os seguintes:

 

Gastrite Aguda

Este tipo é causado pela infecção da Helicobacter Pylori, uma bactéria que se fixa no estômago, destruindo o revestimento das paredes intestinais e causando inflamações.

 

Gastrite Nervosa

Causada pelos níveis elevados de estresse, que alteram o funcionamento gastrointestinal e assim facilitam o desenvolvimento de inflamações no estômago.

 

Gastrite Crônica

Esse tipo de gastrite é provocado pelo uso constante de remédios anti-inflamatórios. O seu tratamento consiste no uso de medicamentos específicos para reduzir o muco intestinal. Principal agente por manter as paredes do estômago desprotegidas contra o ácido gástrico.

 

Gastrite Enantematosa

Apesar desse tipo também aparecer por causa de infecções da bactéria H. Pylori, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas é outro fator que causa uma inflamação na camada mais profunda da parede do estômago, visto que o álcool age similarmente aos anti-inflamatórios.

 

Gastrite Eosinofílica

Causada principalmente por doenças autoimunes e o aumento de células imunológicas no estômago.

 

Tratamentos

O tratamento para aliviar e até acabar de vez com os sintomas de gastrite é geralmente feito com um médico gastroenterologista. Após um exame de endoscopia digestiva com resultado afirmativo da inflamação é preciso iniciar um tratamento adequado para o tipo de gastrite apresentada.

Na maioria dos casos, o tratamento mais eficiente é realizar uma reeducação alimentar com uma dieta para gastrite. Um profissional nutricionista será o responsável por criar a rotina de alimentação adequada para cada paciente.

Porém de maneira geral, é recomendado evitar comidas gordurosas e frituras, assim como bebidas alcoólicas, gaseificada e industrializadas. Também é recomendado aumentar a ingestão de frutas e queijos magros e comer em porções menores de 3 em 3 horas.

Os tratamentos naturais indicados para a gastrite são os chás de ipê roxo e de espinheira santa. Assim como, o sumo da couve elaborado a base de água, suco de batata crua e leite desnatado.

Alguns medicamentos específicos para aliviar as dores e principalmente proteger o estômago dos ácidos também podem ser utilizados. Por fim, para a gastrite nervosa é preciso conciliar os tratamentos com o controle do estresse.

A gastrite é uma doença incômoda e perigosa, que pode evoluir para uma úlcera no estômago. Por isso, identificar os sintomas de gastrite e tratá-la da forma mais rápida possível é necessário para evitar problemas maiores.

Ao sentir os sintomas dessa doença, é recomendado buscar o tratamento médico de imediato. Busque alternar a medicação prescrita pelo profissional com métodos mais naturais.  Os remédios são importantes para aliviar a dor, mas não são a única opção para você.

Todd Hernandez

Os comentários estão fechados.